quinta-feira, 23 de junho de 2011

Arcebispo Servo de Deus Sheen enaltece o Concílio Vaticano II

Pode ser-se católico tradicionalista e adepto do Concílio Vaticano II (CVII)? Só pode!
É ler os textos e verificar que a relação entre o que está realmente escrito ‒ e o que está escrito não deixa grande margem para interpretações ‒ e o que veio a fazer-se na Igreja pós-conciliar é praticamente nula.

Isto a propósito de algumas palavras do Arcebispo Servo de Deus Fulton Sheen no blogue Why I Am a Catholic ‒ que encontrámos através do indispensável boletim bidiário sobre notícias do mundo católico The Pulp ‒, prelado tido como conservador, sobre o CVII. Aqui ficam as que nos pareceram mais relevantes:
 "The tensions that developed after the Council are not surprising to those who know the whole history of the Church. It is a historical fact that whenever there is an outpouring of the Holy Spirit as in a general council of the Church, there is always an extra show of force by the anti-Spirit or the demonic. Even at the beginning, immediately after Pentecost and the descent of the Spirit upon the apostles, there began a persecution and the murder of Stephen. If a general council did not provoke the spirit of turbulence, one might almost doubt the operation of the third Person of the Trinity over the assembly."
(pp. 292–293).

Na mesma linha, noutra ocasião:

Remember this! The Holy Spirit never works with the majority, only with minorities.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Por favor comentai dando a vossa opinião ou identificando elos corrompidos.
Podeis escrever para:

capelagregorianaincarnationis@gmail.com

Print Desejo imprimir este artigo ou descarregar em formato PDF Adobe Reader

Esta ferramenta não lida bem com incrustrações do Sribd, Youtube, ou outras externas ao blog. Em alternativa podeis seleccionar o texto que quiserdes, e ordenar ao vosso navegador que imprima somente esse trecho.

PROCURAI NO BLOG